A ManoMano expande-se com vendas em novos mercados europeus

Tornar a bricolage acessível para clientes globais com a ajuda da Google

Objetivos

  • Seguir tendências sazonais
  • Compreender quando e por que motivo os clientes visitam o Website
  • Criar novas oportunidades de compra
  • Expandir-se para a Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido

Abordagem

  • Monitorizou e previu padrões de compra dos consumidores em mercados internacionais
  • Compreendeu tendências do consumidor e caraterísticas específicas em cada mercado
  • Identificou aspetos culturais que afetam os padrões de compra de bricolage
  • Otimizou campanhas do Google Ads
  • Atraiu clientes durante épocas sazonais e em momentos importantes da vida
  • Localizou campanhas para cada novo país

Resultados

  • As vendas duplicaram entre 2015 e 2016
  • A ManoMano registou 11 milhões de visitas ao Website em outubro
  • A empresa tem 2 milhões de clientes
  • Alcançou um volume de negócios de 90 milhões de EUR

A ManoMano.com, com sede em Paris, foi fundada em 2013 com a missão de tornar a bricolage acessível a todos. Desde 2015, a empresa tem cumprido essa missão ao expandir-se com êxito para Espanha, Itália, Alemanha e Reino Unido com a ajuda dos serviços Google, alcançando um volume de negócios de 90 milhões de EUR em 2016.

Com mais de 1,6 milhões de produtos de mais de 1200 fornecedores, o principal objetivo da ManoMano consistia em tornar a bricolage acessível a todos.

A empresa reparou que o mercado da bricolage era altamente sazonal e estava em constante mudança. Por isso, era importante compreender qual o momento mais provável para que os clientes visitassem o site, ao acompanhar as tendências do consumidor. A ManoMano sabia que, para crescer, teria de conseguir identificar outros momentos de compras importantes e comunicar com potenciais clientes nesses momentos.

Com base nessas informações, quando a ManoMano decidiu expandir a respetiva gama de ferragens, produtos elétricos, ferramentas de bricolage e mobiliário para Espanha e Itália em 2015, solicitou a ajuda da Google para a expansão do negócio para mercados internacionais. A empresa pretendia que a Google ajudasse a identificar as principais tendências de compra dos consumidores mantendo, ao mesmo tempo, a sua abordagem flexível e orientada por dados às vendas online.

Ao ser uma empresa centrada nos dados, o Analytics seria essencial para o crescimento da ManoMano, uma vez que poderia ajudar a monitorizar e prever padrões de compra dos consumidores nos vários mercados internacionais.

A Google forneceu estatísticas e dados importantes necessários à expansão para Espanha e Itália. Estas estatísticas destacavam a forma de atrair consumidores não só durante as tendências de compra sazonais, mas também em momentos importantes das vidas dos mesmos, como a compra da primeira casa.

A ManoMano também solicitou a ajuda da Google para otimizar as suas campanhas do Google Ads e localizar o Website e as campanhas digitais para cada novo mercado de exportação.

Após a expansão com êxito para Espanha e Itália, em 2016, a ManoMano solicitou o apoio da Google para a expansão do negócio para novos mercados no Reino Unido e na Alemanha.

Maxime de Baillon, Head of Acquisition and Data, observa o seguinte: "À medida que efetuamos o lançamento em novos países, graças aos dados valiosos da Google, é cada vez mais fácil concretizar os nossos objetivos de marketing”.

A ManoMano contou ainda com a colaboração da Google para realizar o #ManoMakersDay, um evento em que criadores do YouTube de toda a Europa se encontraram na vida real para partilhar a paixão pela bricolage. As campanhas do Google Ads ajudaram a gerar notoriedade da marca e um aumento significativo no tráfego do Website.

Entre 2015 e 2016, as vendas mais do que duplicaram e essa taxa de crescimento continua. Atualmente, a ManoMano tem 2 milhões de clientes em todos os mercados europeus, com Websites localizados na Bélgica, France, Germany, Italy, Spain e UK. Teve mais de 11 milhões de visitas em outubro e prevê-se que o crescimento continue.

"A Google foi muito útil. Forneceu-nos estatísticas e dados claros para cada mercado e foi valiosa no que diz respeito à localização." Maxime de Baillon, Head of Acquisition & Data